Usando objetos do SketchUp no ARCHICAD

Umas das grandes dificuldades que comumente são apontadas aos softwares de modelagem BIM é quanto a disponibilidade de objetos e “blocos”, especialmente quando se trata de projeto de interiores, que a representação exata do objeto quase sempre é necessária. 

Mas uma coisa que muita gente não sabe é que o ARCHICAD possui uma ótima integração com diversos softwares e no post de hoje vamos falar um pouco mais sobre como usar objetos do Armazém 3D (Warehouse) do SketchUp. É muito fácil e simples, saca só!

Primeiro é necessário fazer o download do objeto no Armazém 3D e baixar a versão mais antiga disponível, pois evita certas incompatibilidades. No nosso caso aqui, a versão mais antiga era a de 2015.

archicad0

 

Depois de feito o download, basta arrastar o arquivo da janela do seu sistema operacional para dentro do ARCHICAD. Não é incrível?

archicad-editado

 

No ARCHICAD já podemos visualizar nosso objeto em 3D, entretanto dependendo da complexidade, muitas vezes, em planta, vão aparecer as triangulações do objeto. Mas calma, que a gente pode arrumar tudo isso!

archicad22

Uma das coisas que você também vai perceber na hora que importar seu objeto é a dificuldade de selecioná-lo. É assim mesmo agora no começo, mas quando arrumarmos o desenho já estaremos também resolvendo esse segundo problema. 

Bom, o passo seguinte é selecionar o objeto e desativando a ferramenta de seleção rápida (imã que fica no menu superior) ajuda nessa hora se tiver mais complicado essa primeira seleção.

archicad2-ed

Feito isso, com o botão direito do mouse, converta o objeto em morph para depois conseguirmos salvar o modelo como um objeto do ARCHICAD. Você vai perceber que o desenho já vai mudar um pouco.

archicad3

archicad4

Aí, com o morph do objeto selecionado, vá em arquivo > biblioteca e objetos > salvar seleção como > objeto  (file > libraries and objects > save selection as > object).

Prossiga com o salvamento, nomeie seu objeto de acordo com sua preferência e pode avançar com as configuração de superfícies e canetas que irão aparecer na janela seguinte. Elas geralmente servem para definir as configurações padrão do objeto dentro da biblioteca, que podem ser mudadas posteriormente, mas no nosso caso, elas não vão servir muito pra gente por agora, então pode dar um ok e prosseguir.

archicad7

Agora já é possível selecionar nosso objeto do ARCHICAD salvo na biblioteca. Selecione e insira-o no arquivo. Pois agora conseguiremos fazer as alterações de desenho em planta que queremos. 

archicad8

Agora selecione o objeto e vá em arquivo > biblioteca e objetos > abrir objeto (file > libraries and objects > open object).  Quando você fizer isso, vai aparecer uma janela estranha, mas não se assuste. Essa é a Janela de Edição de Objeto em GDL (linguagem de programação do ARCHICAD para criação e edição de objetos). Mas não precisa se preocupar com isso agora. Os passos que vamos fazer aqui são muito simples e não é necessário saber nada de programação para dar certo. E para começar, em scripts vá na aba “2D”, como na imagem abaixo:

archicad10.JPG

Na aba “2D”, é onde fica o script que representa o objeto em 2D, mas como queremos alterar a gente pode selecionar tudo com ctrl+A e deletar. 

O próximo passo é escrever no lugar project2 3, 270, 2  lembrando de deixar os espaços e as vírgulas do jeitinho que está aí. Esse codigozinho vai fazer com que o objeto passe a ser representado a partir de sua projeção e não mais de todo o objeto como estava anteriormente. E a partir desse desenho a gente vai criar um símbolo para ele e toda vez que visualizarmos esse objeto em planta será esse desenho 2D (símbolo) que aparecerá no lugar, deixando também nosso arquivo muito mais leve.

archicad11-ed

Bom, agora a gente vai na visualização 2D (imagem acima) e vamos selecionar o desenho (imagem abaixo) com a ferramenta da seleção e damos um ctrl+C. Perceba que nessa janela não há nenhuma opção de edição.

archicad12

Essa janela só servirá mesmo para gente copiar o desenho. Depois disso, precisamos ir na janela de “símbolo 2D” (imagem abaixo). Nessa janela, basta colar (ctrl+V) que o desenho vai ser posicionado no mesmo lugar.

archicad13-ed_2

Nessa janela é possível desenhar com as ferramentas de documentação. No nosso exemplo, a poltrona estava sem o contorno do encosto, então desenhamos e posteriormente preenchemos o desenho com uma trama vazia, porque assim é possível selecionar o objeto no ambiente de modelagem com maior facilidade. Uma dica que ajuda nessa hora é selecionar uma cor para a trama vazia e usar a varinha mágica para fazer o preenchimento (imagem abaixo). Quando terminar selecione as tramas e volte à cor original (branca). 

archicad16

Nessa janela de edição, é possível fazer desenhos bem mais simplificados se preferir. A imaginação é o limite. Porém se atente as medidas gerais e a origem do desenho. Um bom ponto de partida ainda que o desenho for mais simplificado é colar o desenho (do passo anterior) para usar de referência. 

O passo seguinte é apagar o código que escrevemos (imagem abaixo), pois aí, em planta, o ARCHICAD irá ler o símbolo que acabamos de criar ao invés da projeção do objeto. 

archicad17
apagar o código na janela”2D” em scripts

archicad19

 

Uma observação legal, é que as texturas do objeto são adicionadas por padrão no ARCHICAD. Assim, é possível editá-las à sua preferência. Na imagem abaixo temos o resultado final do nosso objeto, e aí curtiram essa super dica? 

 

archicad25

natan_assinatura_wordpress

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: